terça-feira, 31 de março de 2009

É um Grupo Jovem

Primeiro concerto que eu fui neste ano, vamos ver se 2009 será lucrativo.
A Orquestra Jovem Tom Jobim é aquela que tem um maestro saxofonista e um guitarrista (ótimo) com jeito de rockeiro que senta na frente de um percussionista que se realiza quando toca pandeiro. Simplesmente amo *.* Ah, e o concerto é gratuito com direito a um público que vai de crianças e adolescentes a senhoras bem vestidas.

sexta-feira, 27 de março de 2009

Desafio

A Janna (Livros Pura Diversão) passou este desafio para mim.

1- Escolher uma banda/artista
2- Responder a uma série de questões recorrendo a títulos de canções dessa banda/artista
3- Escrever um excerto de uma das músicas da banda/artista
4- Passar o desafio!

Se eu pudesse, faria cada resposta com um cantor diferente, meu mp4 tem um monte de gente das quais eu só conheço uma música que ouvi em algum lugar e gostei. No fim das contas, resolvi que faria da KT Tunstall ou dos Jonas Brothers. Capaz de acabar fazendo dos dois, mas vamos aos Jonas.

Respostas:
1. Artista: Jonas Brothers

2. a. Es..? I am what I am (\o/)
b. Descreve-te. Kid of the future.
c. Eu nunca disse: Please be mine
d. O que será que os outros pensam de ti? You just don't know it
e. Como descreves o teu último relacionamento/estado/acontecimento marcante? Don't tell anyone ;)
f. Descreve o teu estado actual. Como devia estar. Onde estarias agora? Australia (só pensei nisso...)
g. O que pensas a respeito do Amor? Appreciate
h. Como é a tua vida? Live to party 8)
i. O que pedirias se pudesses ter um só desejo? 6 minutes
j. Uma frase sábia. A little bit longer (no contexto...)
k. O que te arrepia. Dear God
l. Uma verdade. Love is on its way

3. It's time for me to fly
Time for me to soar
Time for me to open up my heart and knock on heavens door
Time for me to live
It's time for me to sing
Time for me to lay down all my worries and spread my wings
It's time for me to fly

4.
Jujubas e Delicados
Coffee & Movies
BiaBog (minha irmã vai se divertir...)

quinta-feira, 26 de março de 2009

I love Sócrates

Fazendo trabalho de faculdade pelo msn.

Amiga 1: Acho que vou faltar na aula de filosofia amanhã.
Eu: Sócrates se revira no túmulo quando você diz isso.
A1: Ele sabe que não é pessoal rs
Eu: Quando mexe com a filosofia é pessoal para ele.
Amiga 2: Uhhhhhhh!!!
A1: E ele te disse isso ontem quando vocês foram tomar chá.
Eu: É, e depois fomos ao cinema.
A2: Ih, mas não era a Amiga 1 que gostava de homens mais velhos?
Eu: Nossa, quem é mais velho que Sócrates?
A1: Ah, Homero, Deus...
Eu: Então a Amiga 1 saiu com o Homero.
A1: E a Amiga 2 com o Aristóteles, o mais jovem.

Eu comentei que o trabalho não era de filosofia?!

quarta-feira, 25 de março de 2009

Desliga! - O retorno

Já comentei sobre quando um homem quis compartilhar seu gosto musical com o ônibus. Bom, hoje encontrei uma mulher.
No ônibus, lendo Oliver Twist, uma jovem senta do outro lado e liga o celular para ouvir umas músicas. Agora, eu pergunto: esses celulares não vem com fone de ouvido? Tá, pode ter quebrado, mas quem tem celular deve ter 10 reais para comprar um fone novo não?!
Mas quem precisa de fone quando pode ouvir sem eles né?! Os outros que querem ler um clássico de Charles Dickens enquanto aguentam a longa jornada do transporte público que se virem da melhor maneira. Fui o caminho inteiro tentando assimilar o diálogo de Oliver com o Raposa ao som de Chitãozinho e Xororó (porque te amo, porque te quero...)
A única que sofreu mais do que eu foi a mulher sentada ao meu lado: ela colocava as mãos nas orelhas, desesperadamente, tentando não ouvir a música. Suspeito que ela tinha algum trauma com sertanejo...

You can stand...

... under my umbrella, ella, ella, eh, eh, eh

(Foto feliz para a aula de fotojornalismo. Não foi com a camera digital ok?!)

segunda-feira, 23 de março de 2009

Selos

Mais selinhos e com o atraso das semanas anteriores nem comentei alguns.

Este Um Blog de ouro eu recebi da Elaine (Jujubas e Delicados) e da Janna (Livros Pura Diversão). Muito obrigada.

1 - Oferecer o selo a blogues que tem estilo de ser;

2 - Exibir a imagem do selo do prêmio em seu blog;

3 - Avisar, por comentário, os blogs que foram indicados por você.


Este outro eu recebi da Karlinha (Coffee & Movies), obrigada.

1. Escrever uma lista com 8 coisas características suas (personalidade).
2. Convidar 8 parceiros(as) de blogs amigos para responder.

3. Comentar no blog de quem nos convidou.
4. Comentar no blog dos nossos(as) convidados(as), para que saibam da “convocação”.
5. Mencionar as regras.
Bom, os indicados de ambos os selos são estes aí do lado e os outros que eu acompanho.

Agora, minhas características:

1. Não sou boa em falar da minha personalidade. Vocês perceberão isso agora.

2. Amo ler.

3. Toco em um orquestra e essa é uma das coisas que mais gosto de fazer.

4. Faço parte do pequeno grupo entre os estudantes de jornalismo que gosta de Teoria da Comunicação.

5. Tenho um hábito estranho: as vezes gosto de voltar a pé dos lugares que vou. É bom porque saio pensando na vida enquanto caminho pelas ruas.

6. Também penso na vida quando acabo de deitar na cama para dormir. Isso provoca insônias temporárias.

7. Também, antes de dormir, fico, sozinha, inventando diálogos em inglês. Vai entender né?!

8. Não tenho o menor senso de moda (visto aquilo que estiver a minha frente), mas gosto de assistir Project Runway. Vai entender de novo...

quinta-feira, 19 de março de 2009

Oliver!

Comecei a ler Oliver Twist, de Charles Dickens. Estou lendo porque depois quero assistir uma adaptação da BBC que parece ser muito bonita (não, jura? É da BBC) Por isso, primeiro quero criar minha visão das personagens para ver se é parecida com a série. Por enquanto, sempre imagino Oliver de boina e suspensório, tão fofo.

O que os Ídolos trouxeram


Todo mundo conhece o programa Ídolos. Houve uma época em que eu assistia só as primeiras eliminatórias já que era o momento em que apareciam criaturas estranhas para cantar e os doces jurados falavam tudo que queriam. Lembro de quando pequena ter assistido aquele Popstar que lançou o Rouge (meu Deus!). Minha irmã uma vez pegou o CD delas emprestado com uma amiga, ouvimos duas músicas e o resto não prestava (já entenderam porque elas sumiram né?!). A versão americana dos Ídolos nunca vi, mas ela acabou batendo na minha porta.

Assistindo uns clipes, apareceu esse aí em cima. Clichê no estilo "Eu te amo e você não me quer", mais as imagens do futuro casal adolescente brincando com os amigos em um acampamento (coisa linda de morrer). Não seria nada demais, se não fosse a voz do cantor. Eu fiquei com esse "Crush ain't going away, iei, iei, ieiei..." na cabeça e lembro o tempo todo. Procurei sobre o rapaz, David Archuleta, ele começou no American Idol aos 16 anos. Tá, entendi tudo, acharam um menino bonitinho, simpático (olha ele com a Mariah Carey, um amor xD) e que canta melhor do que muitos que já estão no mercado. Hum, mas ele ficou em segundo lugar (!) O primeiro lugar foi para outro David: David Cook - Light On (desculpe, não tem incorporação :/)

Percebam que esse clipe é um pouco mais maduro (eu disse um pouco). Nada disso de ficar passeando com os amigos as custas do pai, se quer ficar com a garota precisa trabalhar para pagar a gasolina do carro. O clipe também é bonitinho e vejam como o programa é inteligente, conseguiu faturar duas vezes: David Cook não iria cativar menininhas de 14 anos, essa voz não se acha em qualquer lugar e, na minha opinião, atrai um pessoal mais adulto. Tudo bem, joga o outro David no mercado também, esse sim atrai as adolescentes. Pronto, conquistaram vários públicos e o clipe dos dois já passou até na MTV brasileira, ou seja, a coisa parece ir bem.

Enquanto aqui no Brasil, eu não tenho nem idéia de quem ganhou o programa ou se fez sucesso. E fazer sucesso não é aparecer duas ou três vezes no Gugu.

PS: Eu estou escrevendo muita coisa para a faculdade, pelo menos aqui, no blog, eu posso escrever sobre o que quero e isso significa muitos comentários sobre música.

quarta-feira, 11 de março de 2009

Avalon High - Meg Cabot

Ano passado eu comprei a edição bilingue de Orgulho e Preconceito decidida a ler alguns capítulos em inglês. Realmente, li alguns e li muito mais o dicionário, percebi que meu inglês intermediário - afastado um semestre do curso - não está pronto para um livro do século XIX. Resolvi começar com algo mais suave e uni o útil ao agradável: queria ler um romance adolescente da Meg Cabot, pronto, comprei o livrinho em inglês e a leitura fluiu muito bem, fiquei até emocionada e com ânimo de ler na língua estrangeira.
Ellie é uma adolescente que vai para uma nova cidade porque seus pais, professores especializados na história do Rei Arthur, estão fazendo uma pesquisa sobre o assunto para escreverem um livro. Ellie não é o tipo de menina popular, linda e cheirosa, se acha alta demais, mas consegue fazer amigas e chamar a atenção de Will, o presidente de classe e jogador do time de futebol americano (nem me lembra High School né?!) Seu melhor amigo é Lance, também do time de futebol, e sua namorada é Jennifer, essa sim é loira, bonitona, e, claro, líder de torcida.
O livro não teria nada de mais se não fosse o caso que Will se aproxima de Ellie porque sente que a conhece de algum lugar. E, mais estranho, são os hobbies do rapaz que vão desde correr pela floresta até ouvir música medieval. Para piorar, o professor deles acha que eles são a reencarnação dos personagens da história do Rei Arthur!
Sim, se não fosse por esse detalhe acima, o leitura começaria a cansar. Para ajudar a trama, Will tem um meio-irmão chamado Marco que é bem malvado. No meio de toda bagunça, eu acabei gostando da história, o clima adolescente compensa por causa desse clima de Távola Redonda.
PS: hum, não gostei muito do post, mas queria deixar registrado o livro. Espero que semana que vem eu volte a postar com regularidade. E não reparem na foto do livro com o fundo de toalha de piquenique :P

domingo, 8 de março de 2009

Essas mulheres...


"Disse porém Rute: Não me instes para que te deixe, e me afaste de ao pé de ti: porque aonde quer que fores irei eu, e onde quer que pousares à noite ali pousarei eu; o teu povo é o meu povo, o teu Deus é o meu Deus." (Rute 1:16)
O versículo acima foi dito por Rute, uma das mulheres exemplo que se encontra na Bíblia. Ela perdeu o marido e, ao invés de voltar a casa de seus pais e esperar outro pretendente, resolveu ficar com sua sogra idosa, cuidando dela, tendo que "trabalhar" nos campos de trigo colhendo os restos dos alimentos. Ali conheceu Boaz, casou- se novamente e teve filhos, fazendo parte da genealogia de Jesus.


Um feliz dia das mulheres para todas as leitoras, nós temos esse privilégio de termos um diazinho a mais, além do aniversário, para recebermos "parabéns" e elogios. Muitos Jane Austen, Louisa May Alcott, romances açúcar, Meg Cabot e amores adolescentes, mangás shoujo, chocolates, músicas melosas, enfim, tudo aquilo que foi feito para mulheres e, no fundo, todas sentem uma vontade de consumi-los.

quinta-feira, 5 de março de 2009

American Icons


O blog foi meio esquecido nos últimos dias. Só apareci porque queria registrar este ensaio que saiu na Glamour. Quando eu vi achei muito bonito, são ícones femininos americanos dos últimos 70 anos (hum, acho que está certo...) representados por jovens talentos deste ano. Colocaram até a Alicia Keys no papel de Michele Obama. Vale a pena dar uma olhada.

PS: Na foto Alexis Bledel... Alô, Gilmore Girls!