terça-feira, 7 de julho de 2009

Quando eu crescer

Olha que pessoal bonitinho da Disney. Todos jovens, com peles lindas, cabelos arrumados e roupas coloridas. Admito que sempre tive uma queda por qualquer um que fosse subordinado do Mickey Mouse, desde princesas até vilões. O fato é que quando se vê uma foto dessa com todo mundo tão feliz e... sei lá, cool, sempre dá uma vontade de aparecer lá no meio para saber como é fazer parte desse grupo.
Não, eu não tenho 11 anos de idade. Estou falando dessa aparência que faz qualquer um sonhar em participar do mundo encantado das celebridades, não importa qual, sejam os astros mirins da Disney ou o pessoal no tapete vermelho do Oscar. O mundo inteiro sabe que eles são pessoas normais que vão ao banheiro, se alimentam, não podem sair de casa em paz e que, ás vezes, sofrem até mais do que nós, meros desconhecidos. Mesmo com isso na cabeça de todos, insistimos em levar um susto quando surge alguma polêmica em volta dos astros e da fama deles.
E como a gente descobre se essa fama está crescendo? Nos últimos tempos, analisando o twitter. Na semana que o Michael Jackson morreu era MJ nos trending topics (assuntos mais comentados) todo dia. No fim de semana estreiou o filme Princess Protection Program no Disney Channel e quem desbancou o rei do pop? As duas estrelas teens da Disney (e eu achei que o filme nem fosse fazer tanto sucesso...). Na semana seguite MJ ainda estava lá, mas quem informou que estava noivo? Um dos Jonas Brothers, e lá vai Michael para baixo. No sábado a Miley Cyrus fez um livechat com os fãs e a menina aparece nos trending topics.
Isso porque são todos adolescentes e conhecidos somente por aqueles que tem algum contato com o público-alvo. Eles são famosos, mas não é todo mundo que sabe quem é esse povo. Agora, se eles fazem todo esse estardalhaço, imagina se existisse twitter na época dos Beatles, Elvis Presley ou quando, o mesmo MJ que não sai de lá hoje, lançou Thriller? O sistema ia sobrecarregar todo dia por causa dos shows dos Beatles ou quando Elvis lançasse um novo filme. A internet inteira precisaria tomar providências sérias para essa bagunça.

É pessoal da Disney, vocês são famosos, mas ainda falta arroz e feijão para chegar lá. A boa notícia é que vocês são jovens e fãs são fãs em qualquer época, tanto nos anos 80 como no século XXI, e eles sempre tentarão criar uma revolução por causa dos ídolos.

Nenhum comentário: