segunda-feira, 3 de agosto de 2009

E o show continua...

Fui ao Teatro Municipal e por alguns minutos lembrei de Lúcia e Paulo trocando olhares entre os camarotes. Lembrei de Dom Casmurro antes de tentar matar o filho e lembrei que "A vida é uma ópera" como diria Machado. Por alguns minutos lembrei de Som e Fúria que eu estava assistindo antes de sair de casa. Lembrei de Shakespeare e de quando, no ensino fundamental, eu li várias obras dele. Infelizmente não lembro se eram uma daquelas adaptações que colocam em bibliotecas de escola, só lembro de ter lido e gostado muito de Sonhos de uma noite de verão e A megera domada.

Isso me fez lembrar de quando pequena ter ido com a minha mãe ao Teatro Municipal e assistido ao ensaio geral de um balé. Não recordo de detalhes, só que haviam vários grupos de excursão, eu sentei em um lugar muito bom onde podia ver tudo, dos sons que a orquestra "escondida" fazia enquanto afinava os instrumentos, do chapéu de um pequeno ator que caiu e de que conhecia todos os personagens porque eu sabia a história que o balé contava.

Também lembro que sai bem tarde e muitas pessoas dormiam nos arredores do teatro coisa que ainda não mudou.

4 comentários:

Raquel disse...

Bárbara,
um show de Lembranças!

Elaine disse...

Tive a mesma sensação quando visitei o Teatro Municipal de Niterói. Pensava em vários personagens dos livros que eu adorava, que se conheciam, suspiravam e trocavam olhares durante a ópera.

Obs.: Claro que o TM de Niterói não é tão suntuoso quanto os do Rio e de São Paulo, mas é bem bonito. É até mais antigo do que o do Rio, que tem 100 anos. O de Niterói foi inaugurado em 1827 (não como teatro municipal, mas teatro particular. Só se transformou em teatro municipal em 1897).

Bruna disse...

Posso amar literatura brasileira, e algumas estrangeiras tambpem, mas eu nunca fui ao teatro agora depois de grande (só quando era menor, mas nem conta rs). Tenho muita vontade de ir novamente, porém ainda não me coube a oportunidade.
Imagino o quanto o teatro deve nos trazer um ar de nostalgia. Pelo motivo de revivermos junto com os atores momentos antigos -ou não- de histórias contadas. =)
Ah, quero ler Sonhos de uma noite de verão de shakespeare... Deve ser muito lindo.

Elaine disse...

Leia, sim, Bruna. Junto com "Muito barulho por nada", é minha comédia shakesperiana favorita.

Se você não se incomoda de ler no computador, tem a peça em português disponível para download gratuito no site www.dominiopublico.gov.br