terça-feira, 29 de setembro de 2009

O Diabo Veste Prada (Lauren Weisberger)

Desde que eu soube do lançamento de O Diabo Veste Prada, fiquei animada para assistir. É um filme super simpático, com uma mensagem bonitinha e, depois de assisti-lo, resolvi que iria ler o livro. A versão original não é tão simpática quanto a do cinema, mas é melhor ficar longe de comparações.
A história todo mundo já conhece, se não, a Wikipédia te responde (neste caso...). Andrea acabou de sair da faculdade e sonha com um emprego na revista The New Yorker. Até aí tudo bem, porém ela não parece nem um pouco disposta a sair para batalhar por esse emprego. Ela simplesmente está preocupada em deixar a cidade do interior onde mora com seus pais e, tentar, encontrar um apartamento em Nova York para não ter que morar com a amiga, Lily, que também já está cansada da folga de Andrea.
Inesperadamente (e depois todo mundo entende por quê), a garota que veste calça de moleton com a blusa por dentro encontra um emprego como assistente júnior da editora de moda da revista Runway, Miranda Priestly. Nos primeiros meses, Miranda está viajando e quase não aparece, o que é meio triste já que as piadas estão no fato de Andrea ter que manter a compostura enquanto coloca o café da manhã na mesa da chefe. Todavia, sempre tem algum chato por perto, no caso a assistente sênior Emily. Ela é uma personagem bem divertida que passa do "é super legal desempacotar os presentes de Miranda" para "aquela mal-agradecida me ligou no meio da madrugada" com uma facilidade e um medo da chefe que gera piadas sem querer.
Outras personagens interessantes são aqueles ao redor de Andrea, como Lily, o namorado professor-de-criancinhas-malvadas Alex e a família da garota. Todos bem simples, daqueles que encontram prazer nas pequenas coisas da vida e totalmente diferentes do mundo em que Andrea acaba entrando e se tornando (mesmo negando esse fato até o final do livro).
Eu li o livro para, talvez, vivenciar um pouco dessa realidade da moda que parece tão fascinante e, ao mesmo tempo, traiçoeira. Se for como no livro, esse mundo está muito longe do meu. Viver em um local onde se joga comida fora três vezes ao dia somente porque quando sua chefe chegar o café estará meio frio? Descrever um namorado com marcas de roupas, ressaltando as grifes, sem nem explicar direito qual é a aparência dele? Não, não consigo conviver com isso (ou talvez o erro seja eu ter lido este livro depois de O caçador de pipas).
O filme, em diversas partes, é melhor que o livro, tanto que algumas das melhores cenas não estão na versão original. No entanto, o desfecho do livro é mais "real" do que aquele que colocaram no filme em que todos os problemas na vida de Andrea foram solucionados como mágica. É um livro legal, mas talvez eu tenha posto muita expectativa e por isso não me agradei. Uma coisa é certa: é preciso ter muita paciência para aguentar cinco nomes de grifes em cada parágrafo.

PS: Agradeço a todos os comentários nos últimos posts. Ainda não respondi a todos, mas logo os retornarei :)

7 comentários:

Francielle disse...

Eu ainda não vi o filme e nem li o livro, mas agora que li seu post me deu vontade de ler o livro (apesar dos cinco nomes de grifes em cada parágrafo.)!
hehehe
Bjo.

Natália disse...

Não vi o filme e muito menos li o livro, mas me interessei. beijos linda!

Bruna disse...

Nem um nem outro, hehe Até quero assistir o filme, mas de uns tempos pra cá ando sem paciência pra filme, e até pros livros... É triste por que eu gostava tanto! - Amo moda, sempre vejo e marco bem o que vai ser ou não moda nas estações. Essa coisa de meninas que trabalham em redações e o mundo LINDO que elas vivenciam, acho bem legal e até tenho vontade de trabalhar assim também um dia, não sei ainda. rs :)
bejs

Michelle disse...

Eu vi o filme! Adorei também! A Meryl Streep tá quase uma Cruela sofisticada, né? (que é que eu tô dizendo? XD)Ah, vi que vc curte filmes! Já viu Up! Altas Aventuras? É tão perfeito, pelo que eu já li dos seus posts, talvez você goste. *-*

O desenho do meu layout fui eu quem fiz sim!

Jana KeanuLôka disse...

Já vi este filme e, pra mim, é um dos filmes que não pode faltar nunca na minha casa. `´E divertido e interessante. Não sabia que tinha sido adaptado de um livro... eh uma pena que não soube antes, pq detesto ver filme e depois ler o livro pq sempre fica um "vazio" pra mim. Mas, mesmo assim, vou ver se encontro! ^^ adorei teu post. Beijos!!!

http://memorias-keanuloka01.blogspot.com/

Giovanna disse...

adoroo o filme, sou fascinada por moda, mas não essa moda em que há um Diabo no topo ;O quero ler o livro *-*

Patrícia disse...

Eu vi o filme, mas não li o livro. :D obrigada pela visitinha