quinta-feira, 8 de outubro de 2009

Simpatia de ônibus

- Quer que eu segure a bolsa?
- Ah, obrigada.
Continuo lendo até a moça ao meu lado levantar e sair. A garota, cuja bolsa eu estava segurando, sentou junto comigo e comentou:
- Eu estou lendo um livro parecido com o seu, é história do Brasil bla-bla.
- É, esse livro é para a faculdade.
- Ah, o meu também.
E eu volto para a leitura com a estranha impressão de que a garota queria continuar a conversa.
Não que eu não seja simpática, sempre falo "bom dia" ao cobrador e peço licença antes de sentar ao lado de alguém, mas esse era um daqueles dias em que eu mais queria era me esconder do mundo e ficar quietinha em um canto.
Eu geralmente pego o mesmo ônibus, faço um tchauzinho para o motorista e papeio um pouco com o cobrador. E sempre, sentado logo nos primeiros bancos, tem um menino que desce no mesmo ponto que eu, pega a mesma rua e, pasmem, vai para o mesmo prédio da faculdade. Como ele entra primeiro no ônibus, EU fico parecendo a perseguidora.
Um belo dia resolvi cortar a social e subir em outro ônibus que faz um caminho totalmente diferente, mas vai para o mesmo lugar. Quando entro, quem está no primeiro banco? O MENINO! Fiquei com vergonha, pensei em descer ali mesmo com a desculpa de que tinha pego o ônibus errado. E, de repente, eu queria voltar para o cobrador simpático e, talvez, até conversar com a garota do outro dia.

PS: a falta de posts esse semana foi por conta da falta de internet, não de simpatia. A falta de criatividade também tem sido um problema, vide esse post sem-graça.

10 comentários:

Giovanna disse...

haha adoorei xD a minha falta de textos também está em alta ;O então a gente inventa LSPALPSALP

Jana KeanuLôka disse...

poxa, não ficou sem graça não. eu gostei bastante. ^^ me lembrou dos tempos de colégio quando eu tinha amizade com todos os motoristas com quem eu "viajava" até o colégio. e é mesmo engraçado quando vc sempre pega o "busú" com as mesmas pessoas. tem uma certa familiaridade. é como se vc conhecesse a pessoa, mas sem conhecer. é estranho ¬¬' acho que acordei de juizo virado hoje. OObrigada pelo comentário e visita! Ah, Series: I like!!! Sabe que agora que reparei que teus óculos são iguais aos meus? rs Beijos!!!

Chica disse...

Ficou bem legal e do nosso dia a dia!beijos,tudo de bom,chica

Patrícia disse...

Eu já fiz dessas também, mas fui além, fui até o final da linha do ônibus. Eu entrava e descia sempre no mesmo lugar, queria ver como era o caminho todo...

Sou de lua, mas geralmente converso muuuuuuito com estranhos e acho que eles gostam de mim :)

Natália disse...

Ficar sem internet e sem inspiração pra mim parece que o mundo irá se acabar. beijos

Elisa Mucida. disse...

Ahh, para, nem ficou sem graça, eu gostei. Acho que simpatia é uma coisa fundamental nos dias de hoje, até em ônibus. E esse garoto hein? USAHUSAHS. Ri muito. Adorei o post, beeeeijos

Bruna disse...

hehe Amei.
Ah depende... se o menino for bonito, quem sabenão seja o destino. rs Brincadeira ^^
beijs

Luiz Guilherme disse...

gostei do seu post...as vezes em momentos assim,tenho um pouco de medo de ser rude sem querer....

http://colunalg7.blogspot.com/
http://guilg7.blogspot.com/

vlw

Anna disse...

Posts sem graça nada, adoro esse tipo de relato, tipo, pedacinho de cotidiano!
beijos

Elaine disse...

Sempre pegava o mesmo ônibus para a faculdade, mas nunca reparei em ninguém que fizesse o mesmo percurso. O único problema que tive foi com um tio Sukita que ficava o tempo todo me encarando e pegava sempre o mesmo ônibus que eu. Já tentei pegar o ônibus de 10 minutos depois, mas eu sempre dava azar de topar com a figura, kkkkk