sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

Sentimentos natalinos

* Os primeiros sintomas do final de ano começam quando surgem aqueles períodos assustadores de entrega de trabalho. Você não preparou nada durante o semestre e, quando percebe, tem TRÊS trabalhos para a mesma semana. Uma dose extra de choro, agonia, stress e, depois de muito surtar e lutar para ter uma ideia original, a gente corre atrás de entrevistas, videos e o MovieMaker salva as nossas vidas. Estranhamente, sempre surge uma semana vazia entre essa correria e a época de provas. Você, muito consciente, acredita que realmente vai estudar nesse período (doce ilusão...)

* O problema é que a semana de testes é a última mesmo e naquela correria de cada um sair em um horário e no nervosismo pós-prova, a gente sempre esquece de pedir email de um colega, ou marcar um encontro nas férias. São coisas banais que você poderia ter feito no semestre inteiro, mas só lembra quando sente falta da pessoa e percebe que não vai encontrá-la todos os dias.

* Pior do que isso é que, só agora, surge um tempo para você lembrar: "Ih, acabou o ano". E aí? E aí que acabou, começa um novo ano logo no dia seguinte e, na bagagem, vão todas aquelas promessas registradas e que nem tiveram tempo de serem colocadas na sua agenda atarefada (e preparem-se, elas podem ficar na gaveta até 2011).

* Para completar o clima natalino, temos o terror das lojas querendo vender de tudo um pouco e sites fazendo promoções que você não pode perder. Mas eu não me preocupo mais com isso porque hoje EU vi o Papai Noel: passando em frente ao shopping, aparece no ponto de ônibus um velhinho de cabelo e barba branca, porém não aquela coisa sebosa e suja que alguns hippies preservam, era uma barba bem arrumada e fofa como algodão. O senhor, com uma mala nos ombros, subiu a rampa do shopping e eu cheguei a duvidar que era ele mesmo, já que o homem não era simpático. Enganei-me. Na saída, eu encontro o Papai Noel novamente, dessa vez batendo sininhos, com uma roupa vermelha e, quem diria, um baita sorrisão.
Hoje eu posso dizer: "Eu vi o Papai Noel, mas ele não anda de trenó. Ele vai de lotação mesmo."

(Post inútil, eu sei, foi mais para desabafar. Pelo menos, ninguém pode dizer que eu não entrei no clima do natal.)

11 comentários:

Jana Barreto disse...

hum... eu nunca fui muito fã deste periodo. O primeiro motivo é este que vc mesma falou: lotação em tudo que é buraco, as pessoas entopem as lojas... me dá nos nervos!
esse negócio de cada um saindo em horários diferentes é mesmo chato, princiaplmente quando é mesmo o ultimo dia, aquel "pra nunca mais", sabe? :(
Eu ainda não vi Papai Noel este ano... Espero que o daqui seja mais bem humorado que o seu. rs

Ah, pois é... a carta foi saindo assim, então eu deixei. Foi bom pra dar uma mudada. ;D Obrigada pelos parabéns, fiquei super feliz pela indicação. u.ú

Beijo beijo, Bárbara!
Bom fim de semana. ^^

Anna disse...

Fim de ano é a mesma mesmisse, a mesma chatura, por isso tenho minhas aversões. Primeiro tem a época do terrorismo, das provas, aquela agonia louca, e quando finalmente vem a calmaria, a tranquilidade, a gente se sente perdida no meio das decorações de Natal dos shoppings.
beijos

Guará Matos disse...

Sabe o que é inútil? Não se dar o direito de sonhar.
O sonho purifica a alma da descrença, da dor, da falta de amor.
Amo Papai Noel. E olha, tenho 51 anos e continuo sonhando
Beijos.

Chica disse...

E mesmo que por pouco tempo, aquele papai noel serviu pra mnostrar que em meio à realidade, com ele vindo "trabalhar" de lotação, ainda assim,a figura dele nos faz sonhar,é mágica...beijos,lindo dia,chica

Sятª Lєтıcıα disse...

Pelo menos ngm vai poder dizer que voce não entrou no clima de nataal ;*

lpzinho disse...

Oi Bárbara!!
Minha primeira visita ao B&B e simplesmente me encantei. Com os detalhes em geral, mas com o TODO.
E que texto bacana... parabéns pelo modo tão bonito que vc escreveu e descreveu emoções e sentimentos deste momento \o///
É bem isso mesmo né... e não achei inútil ehehhe adorei!
Eu pessoalmente sempre gostei de Natal, mas essa coisa de cada vez mais a data virar um ato de compra e venda, deixando de lado a idéia da coisa me desagrada demais!
Enfim... não há o que comentar mais, pq vc Disse TUDO! =)

Bruna disse...

Meu fim de ano foi bem assim, sorte que foi uma coisa rápida toda a correria. E finalmente estou livre da escola. ai rs
agora é curtir as festas de fim de ano.

Kamilla Barcelos disse...

O período do final de ano p/ mim é um pouco diferente pq não tenho trabalhos p/ fazer, mas vestibulares. Isso faz com q o meu final de ano não seja tão legal!

Kamilla Barcelos disse...

Te add no skoob, tudo bem? =)

Paula disse...

Querida,
Preciso do seu e-mail, me manda please?
Bjos,
Paulinha

Vivi disse...

O meu final de ano é bem como você descreveu. xD Tô passando pela fase "São coisas banais que você poderia ter feito no semestre inteiro, mas só lembra quando sente falta da pessoa e percebe que não vai encontrá-la todos os dias" agora. =(