sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010

Escondidos

A frase "Eles falam mal porque tem inveja", só funciona na teoria. Eu nunca vi alguém que sofresse tormentos na escola (trabalho, bairro, enfim...), mas se sentisse muito bem porque, no fundo, todos o acham muito bom.
Não, isso não acontece, na hora das gozações às vezes é difícil até encontrar um ser que queira te ajudar, muito menos um que diga que você é o máximo e importante. Nessas horas, felizes são aqueles que têm a família ao lado para em casa desabafar as dores.
O problema é que a família, geralmente, não está aonde sofremos o bullying. E aí é só com a gente... aturar os gritos, os xingamentos, acreditar no potencial que podemos ter, mesmo que os outros digam que somos um nada.
Eu ainda não entendo porque o ser humano (em particular, os jovens) teima em escolher certas pessoas para prejudicar. Odeia o fulano, então guarde para você, mas para quê chamar a atenção para aquele que você NÃO gosta? Deixe o outro vivendo a vida da maneira que ele quer, você não ganha nada tentando estragar o futuro dos outros. Talvez até perca...---------------------------------------
Aproveito para reviver uma postagem que eu fiz sobre o filme Bang, bang, você morreu que fala justamente sobre bullying. Também agradeço os comentários no texto passado: acabaram de deixar uma blogueira muito feliz :)
Eu sei que tenho comentado muito sobre filmes, mas não entendo tanto assim quanto aparento (ou pelo menos acho que aparento). Na minha lista faltam vários daqueles clássicos que todo mundo tem que ver um dia, porém estou mudando isso e esse ano espero que eu tenha muitos filmes para comentar.

9 comentários:

James Pimentel disse...

Particularmente eu adoro suas críticas. Reafirmo: vc seria ótima na área de cinema!

Ah, nun demora a postar artigo aqui não tá? rs!
Beijos, boa sorte no BK

Thayne Freitas disse...

Realmente você está certissima...
esas criticas de escola etc...só prejudicam não crsçem, em nada !

Chica disse...

Tens razão,Barbara...Tenho pena dos que sofrem essas críticas.beijos,tudo de bom,chica

Thamy disse...

sofri retaliações a minha vida esolar inteira, mas nunca liguei para isso, porque me apeguei aos amigos, os poucos que tinha.

Bruna disse...

Se as pessoas que agem de tal forma soubessem o quanto é triste pra quem ouve essas coisas e como as vítmas sofrem com essas ofensas, não fariam mais! Tem que ser muito forte pra sair de cabeça erguida sempre.

Anna disse...

Se tem uma coisa que me aborrece MUITO é essa história de bullying. É muita covardia, é uma maldade tão gratuita, não dá pra entender como algo tão ruim, tão podre pode ser TÃO comum assim. Eu já muito excluída na escola, motivo de chacota dos bonzões, e acredito que se não fosse eu encontrar uma amiga na qual eu pudesse confiar de verdade, até hoje teria comigo a cicatriz enorme que essas pessoas malvadas tentaram deixar.
beijos

Jana Barreto disse...

achei bem legal o modod como você começou texto. realmente não se ve pessoas que 'estão na mira' se sentindo bem por isso... Bullying é uma trsite realidade. Beijo, Bárbara! Me manda o link do bonequinha de luxo, por favor?
tchau! o/

Sofia A. disse...

Nossa, eu que sempre fui da turma dos zoados, concordo plenamente com você.
Não sei porque é tão difícil entender as diferenças entre as pessoas e viver a própria vida.
Mas sei lá, por mais que isso não amenize as dificuldades, eu sei que as pessoas mais legais que eu conheço sempre foram excluídas, porque é assim que agente aprende a ter a própria opinião, a conhecer livros, filmes...
"Ostra feliz não faz pérola", diz o Rubem Alves, e eu concordo.
Um beeijo!

Bell Souza disse...

Concordo totalmente.
e é péssimo quando isso acontece. e tem gente que persegue o outro mesmo.