sexta-feira, 12 de novembro de 2010

The Jane Austen Book Club (Karen Joy Fowler)

Esse ano eu conclui uma promessa atrasada que fiz no final de 2008: li todos os livros da Jane Austen. Fui ousada em pegar Persuasão em inglês e agora estou a espera da nova edição em português para que eu possa ler a obra com cuidado e entender todos os detalhes; porém, mesmo assim, eu li os seis filhotes da Miss Austen e antes que eu começasse a rele-los desesperadamente, resolvi prestar um tributo a escritora e não poderia ter escolhido melhor leitura para isso: The Jane Austen Book Club.
Jocelyn, dona de um canil e solteira (não que ela se importe com isso), resolve fundar um Clube de Leitura para distrair sua amiga Sylvia, que está passando por um divórcio após 25 anos de casada. Nada melhor para esse coração partido do que os livros escritos por Jane Austen e além das duas amigas, também participam Allegra, a sentimental filha de Sylvia, Bernadette, a amiga de bem com a vida de 67 anos que já experimentou os mais diversos casamentos, Prudie, a professora de francês perdida nas aulas do ensino médio, e o homem do grupo, Grigg, viciado em ficção científica que nunca leu um livro de Austen e conheceu Jocelyn por acaso.
Seis pessoas diferentes, um livro para cada uma. A escritora, Karen Joy Fowler, envolve as características das criações de Jane Austen para cada um dos seus próprios personagens. Prudie tem problemas na família como Fanny, em Mansfield Park, Jocelyn é solteirona e arruma encontros para os outros como Emma, e por aí vai. Cada personagem possui um capítulo cuja narrativa relaciona o passado pessoal deles com o presente no Clube de Leitura, até chegar ao capítulo final mostrando como a leitura das obras influenciou suas escolhas e pensamentos.
The Jane Austen Book Club é uma homenagem linda a escritora, isso tudo sem mudar a obra original (como muitos tentam fazer), mas mostrando a influencia que um bom livro tem na vida de quem o lê.Aproveitando, a obra originou um filme com o mesmo nome. No longa os personagens são mais jovens, o clube começa pela iniciativa de Bernadette com a ajuda de Jocelyn, entre outras mudanças que não atrapalham o resultado. A produção é bem simples, mas a história do filme é tão interessante quanto a do livro e duvido que alguém não se apaixone pelo Grigg.

12 comentários:

Shoujofan disse...

Grigg é uma gracinha, sim, tanto no livro quanto no filme. ^_^

Ana Lu disse...

Ontem eu comprei Orgulho e Preconceito. Comprei pela internet, e estou louca para ele chegar! Será meu debut em obras de Jane Austen, hehe.
Beijos

Bell Souza disse...

Ah, jane! *-* A maravilhosa Jane...
bem. depois de ficar apaixonada por Orgulho e preconceito, o que mais eu poderia fazer a não ser me render aos encantos dela?

Karlinha disse...

Amo Jane Austen! Adorei a sua homenagem=p

Anna Vitória disse...

Sempre quis ler esse livro! Na verdade, fiquei sabendo do filme primeiro, masmuito bom saber que ele veio de um livro. A descrição da história me chamou muito a atenção. Será minha primeira leitura assim que também ler a obra completa da diva Jane Austen.
Beijos

nadja soares disse...

olá, barbara! muito bacana seu blog, estou seguindo.
tentei achar este livro para comprar e não achei.
só tem em ingles?
pq o filme ja tenho, e jane austen, tenho todos! rs
beijos

Tary disse...

Nunca li nada da Jane Austen, mas pretendo ler todos os livros. Já estou com Orgulho e Preconceito me esperando na estante ;) Fiquei super interessada no filme e no livro. Sou completamente apaixonada pelo Hugh Dancy e vê-lo no trailer me fez querer assistir o filme, tipo, agora. Hehehe (: Beijos :*

Thammy disse...

Nunca li nenhum dos livros de Karen Joy. E confesso que você me deixou eufórica para lê-los. Vou procurá-los sim, e degustar as histórias com tanto sentimento, como você mostrou!
Beijoca!!

~*Rebeca e Jota Cê*~ disse...

Adorei!

Tucha disse...

Fiquei curiosa em ver o filme e ler o livro.

Tary disse...

Ah, retoma o blog sim! Fim de ano é complicado, mas o bom é que podemos descarregar essa complicação toda nos nossos espaços ;) Beijo!

mariasamara disse...

Vi seu link no blog da Paulinha (canetas coloridas) e por essa sua resenha fiquei bastante curiosa e interessada pelo livro e pelo filme, já vou tratar de achá-los. Austen muito me interessa.